Segunda-feira, 27 de Março de 2017

W

.Saudade

Sol escorre até se abrigar nas agruras do mar

 

Um gesto tingido por agonia

Uma lágrima banhada pelo sol esparso

Uma lâmina apontada aos primórdios da dor

 

Nada mais ser que a cinza que perdura entre as estrelas 

O pó que banha a imensidão

Solidão 

 

Acordar

Erguer-me para cair outra vez

Mostra-me tudo o tens no teu olhar

Da doçura da candura

Ao sal que perdura.


publicado por Buraco Negro às 20:18
link do post
Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


o Buraco


. 17 seguidores

Abril 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

15
16
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

Mater

Type O Negative - Dead Ag...

Type O Negative - Hallowe...

Lycia - Pray

E

W

Negură Bunget - Dacia hip...

Process of Guilt - Blindf...

Editors - The Weight of t...

S

tags

todas as tags