Segunda-feira, 30 de Abril de 2007

Flor de Lótus

Dedicado a J R


.Eu e a noite
Sem luar
Nada me pode serenar
? Onde estão teus braços
P'ra me abraçar
? O que faço eu aqui
? Que sou eu sem ti

?Morte, porque esperas
Sinto falta do teu abraçar
Beija a minha face
Abraça-me leva-me em teus braços

Meus olhos, cegos sem a tua luz
Pele fria sem teu calor

Silêncio de chumbo este que me cerca
? É isto viver

Bosques absolutos e escurecidos, absoluta solidão
Frio, tão morto
Nada
Sangue congelado nas minhas veias
Cadáver de mim
Coração morto e ossos brancos

Às vezes parece que sinto teu sangue quente no meu
Mas, a flores não nos escondem o nosso fim

Flor de lótus de um oriente arrancado ao sul
Eu, a terra que quer beber as tuas raízes
A alma que se quer sepultar em ti.


publicado por Buraco Negro às 20:01
link do post | comentar

o Buraco


. 17 seguidores

Abril 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

Flor de Lótus

tags

todas as tags