Sexta-feira, 4 de Outubro de 2013

Suspiro

.Engulo o suspiro

Esta estranha sensação

Este arranhão na razão

Recordo-te jardim distante
Talvez perdido numa outrora-aurora
Perdida
-por sua vez -
para jamais ser recordada

A luz de uma vela a partir 
A espuma da manhã em que te conheci
Em que deste a mão à minha solidão.

publicado por Buraco Negro às 21:18
link do post | comentar
Domingo, 9 de Junho de 2013

Último

.Tão bela como ao primeiro olhar

Difractada pela água neste último

 

Parto, ancorando a ti a minha vida

Talvez nunca ouse partir

Tal como a luz que dorme nas noites de ti.


publicado por Buraco Negro às 19:04
link do post | comentar | ver comentários (1)
Sexta-feira, 17 de Maio de 2013

Vives algures num gatilho

.Passam horas
Quase te desejo
Encetada por um beijo


Vives algures num gatilho
Cósmico e secular
Salivando pela hora de matar


Invento caminhos

Por onde fujo de encontro a ti


Avenidas cravadas com ruas ortogonais
Unidas numa dolorosa e inútil salva via


Avenidas que percorro
Ruas por onde morro
Até enfim me sentir perdido
Ante a dor de estar vivo.

 


publicado por Buraco Negro às 23:09
link do post | comentar
Segunda-feira, 13 de Maio de 2013

Líquido

.Luz que queima
Serena a agrura ácida de mais uma noite perdida
Liquefaz-se a pedra de que sou feito
Assim escorro aos pés da cidade.


publicado por Buraco Negro às 23:54
link do post | comentar
Quarta-feira, 8 de Maio de 2013

Púlpito

.Vislumbro os instantes luminosos da cidade

Do meu trono de deus menor

Encimado pela aridez cósmica do céu

 

Chovem lâminas

Esbeltas ninfas de prata

 

Observo e retenho

Uma visão desfocada da morte

Ora convexa

Circunflexa

Ortogonal

 

No meu púlpito suportado por pequenos nadas

Recebo-me vindo de um céu

 


publicado por Buraco Negro às 23:51
link do post | comentar

o Buraco


. 17 seguidores

Lua

CURRENT MOON

Abril 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

Suspiro

Último

Vives algures num gatilho

Líquido

Púlpito

Areia no meu olhar

Brisa

# 2

Tranquilidade

Alma Cadente

tags

todas as tags

visitas ao buraco

Website counter