Domingo, 6 de Janeiro de 2008

Lodaçal

Dedicado a Luiz Pacheco, embora aposte que ele quer que eu me foda.


.[A] Escuridão escorrega dos céus de fim de tarde

Ruas presas ao anonimato repletas de um vazio construído de corpos desnutridos de sonhos

Ausência de ossos que sustentem a mais ínfima esperança

 

No panteão da vida a corrosão transforma memórias em pó espalhado-o aleatoriamente pelo vento

Acordas e nada resta de ti, nada te sustenta

 

Divago por encruzilhadas de ruas de uma forma confusamente desenvolta

Divago como se soubesse exactamente como me perder

 

Os candeeiros com a sua luz baça não passam de uma forma tétrica da luz

Escolho um canto recôndito para mijar

O mijo mistura-se com a réstia de chuva apodrecida pelo chão da cidade

Às tantas formam um pequeno lago deveras particular: detritos angustiados de mim  na sujidade bolorenta da cidade

 

Cuspo lantejoulas de sangue

Doem-me os pulmões, constantemente triturados por este ar indecoroso

 

À noite a cidade é a espasmos deliciosa

A solidão invade-a, o vento faz bailar pedacinhos de fuligem provenientes da combustão dos sonhos

Caminho-a para me esconder de mim, dos outros, sei lá do quê

Caminho mas não posso fugir ao lodo em que imprimo os passos, que me manipula os passos, que me prende

 

Árvores de princípio de Inverno ossos daquilo que foram na primavera

Penetram bem fundo no lodaçal que me sustenta

Aliás, alimentam-se e fodem com ele

Fodem que nem uns danados e provocam espasmos telúricos mesmo por baixo do lodaçal

[lençol]

 

Aqui estou eu sem nada e para nada

Ausente e não totalmente alheado

Amedrontado por viver

Tremem-me as pernas e quase me sucumbem as carnes

Sou

Quase prostrado

Mas não é desta que me deitarei na posição fetal neste chão, neste lodaçal.


publicado por Buraco Negro às 23:42
link do post | comentar

o Buraco


. 17 seguidores

Dezembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

Depeche Mode - In Your Ro...

Phantom Vision - Far Enou...

Paradise Lost - Faith Div...

Mater

Type O Negative - Dead Ag...

Lycia - Pray

E

W

Negură Bunget - Dacia hip...

Process of Guilt - Blindf...

tags

todas as tags