Sábado, 29 de Setembro de 2007

Os meus sonhos são negros se vistos do lado de dentro

.Os meus sonhos são negros  se vistos pelo lado de dentro

Abre os teus olhos

Convive com a escuridão

Deixa que ela te tome

 

Viaja e enegrece

Eis-te nos meus sonhos

?Como te pareço pelo lado de dentro

[Um portento de negro moldado na imaginação de uma criança]

 

Prega a tua mão na minha

Trespassa o teu sangue no meu

Aperta-a

Troquemos o sangue num pacto abençoado pela escuridão

 

O breu

É incapaz de conter o crepúsculo outonal que é o teu rosto

O derradeiro foco de luz que repousa por baixo da tua pele

[.]


publicado por Buraco Negro às 00:04
link do post | comentar

o Buraco


. 17 seguidores

Dezembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

Depeche Mode - In Your Ro...

Phantom Vision - Far Enou...

Paradise Lost - Faith Div...

Mater

Type O Negative - Dead Ag...

Lycia - Pray

E

W

Negură Bunget - Dacia hip...

Process of Guilt - Blindf...

tags

todas as tags