Sexta-feira, 21 de Setembro de 2007

Despe o meu sangue

.Despe o meu sangue

Assina-o com a tua caligrafia peculiar

 

Sente-o escorreito

Ao tocar a tua garganta

Ao escoar pelos teus canais venosos

 

Dá o teu corpo

Aos seus pressupostos venenosos

 

Embala-o com orgasmos tenebrosos

Grita-o numa lancinante vocalização

 

Serena o teu medo

Semeia o desengano

Toma-o

Cospe-o abraçado ao lado narcótico que exala de ti.

música: "Seraphim is dead" dos Secrets of the Moon

publicado por Buraco Negro às 23:18
link do post | comentar

o Buraco


. 17 seguidores

Dezembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

Depeche Mode - In Your Ro...

Phantom Vision - Far Enou...

Paradise Lost - Faith Div...

Mater

Type O Negative - Dead Ag...

Lycia - Pray

E

W

Negură Bunget - Dacia hip...

Process of Guilt - Blindf...

tags

todas as tags