Domingo, 6 de Maio de 2007

Amanhã

Dedicado a J R:

.Amanhã

Amanhã porquê?

Quando hoje não há amanhã

 

Não

Sem ti

A mais negra das noites

O mais sereno Luar

 

Tu em toda a extensão do céu

Eu, a provar o inferno

 

Não, quero o nascer do Sol [Não existe sem ti]

Acordar de manhã é morrer em plena morte

 

Se me pudesses dar a tua mão fria

Tocar com ela no meu coração

 

Mas

Tua face entregue à terra

A explodir no céu

Meu coração cadáver em ti

 

Eu vazio

Um buraco negro

Sem Coração

Em plena solidão

 

Memórias

Que são balas de meu revólver mental

São toda esta dança celestial que me tomba

Entre lágrimas de um choro abafado

Que só tu em toda a tua impossibilidade consegues ouvir

 

Amanhã, serei a morte da morte daquilo que já era morte.

música: "The Morning never came" dos Swallow the Sun

publicado por Buraco Negro às 00:17
link do post | comentar

o Buraco


. 17 seguidores

Dezembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

Depeche Mode - In Your Ro...

Phantom Vision - Far Enou...

Paradise Lost - Faith Div...

Mater

Type O Negative - Dead Ag...

Lycia - Pray

E

W

Negură Bunget - Dacia hip...

Process of Guilt - Blindf...

tags

todas as tags