Quinta-feira, 5 de Abril de 2007

Nestas Ruas

.Nestas ruas por onde ando

Onde explodes sem avisar

Em brilhos de uma cor que não consigo almejar

Numa cor que vislumbro sem poder tocar

 

Nesta cidade suja

De Cinzento cor betão

Nestas ruas anónimas

Sou mais eu

Mais solidão

 

Não quero saber para onde vou na minha embriaguez

Não quero saber se é esta a minha vez

 

Estou onde estive num sonho

Estou dentro do interior de ti

Vesti-te meu anjo

Roço a minha carne em toda a tua

 

Sou todo dentro de ti

Nesta cidade deserta

Onde me perco para te alcançar.


publicado por Buraco Negro às 23:21
link do post
Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


o Buraco


. 17 seguidores

Dezembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

Depeche Mode - In Your Ro...

Phantom Vision - Far Enou...

Paradise Lost - Faith Div...

Mater

Type O Negative - Dead Ag...

Lycia - Pray

E

W

Negură Bunget - Dacia hip...

Process of Guilt - Blindf...

tags

todas as tags