Terça-feira, 13 de Fevereiro de 2007

Amanhã

.Mais um corte
De perfeito recorte
Efectuado na lucidez da escuridão

Mais um dia
De um silêncio cortante
De personalidade dilacerante

Olho me ao espelho
Vejo o cadáver de mim
Retalhado selvaticamente
Com um ou outro corte cirúrgico ornamental

A morte é tão real

Perco-me
Por te perder a ti
Perco-me e quase que me encontro na morte
Para a seguir me perder na vida

Olho-te
És tão linda
Tão surreal

Fecho os olhos
Numa sala com facas e lâminas
Trancadas em cofres impenetráveis

Fecho-me em mim
Perco-me em ti
Amanhã tenho mais um dia para morrer.
música: "(The) Darkening" dos Moonspell

publicado por Buraco Negro às 00:07
link do post | comentar

o Buraco


. 17 seguidores

Novembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

Phantom Vision - Far Enou...

Paradise Lost - Faith Div...

Mater

Type O Negative - Dead Ag...

Lycia - Pray

E

W

Negură Bunget - Dacia hip...

Process of Guilt - Blindf...

Editors - The Weight of t...

tags

todas as tags