Sexta-feira, 26 de Janeiro de 2007

Sentir que o amor não chega

.Sei ler em meu olhar
Que chegou o fim
Sei que nunca te vou poder tocar
Porque há morte e mais morte entre nós

Uma morte de recorte peculiar
Feita de distâncias
De ânsias
De fantasmas outonais

Sentir-te e não te poder tocar
Sentir que o amor não chega
Para mudar o mundo
Para te provar não sei o quê

És feliz
Serás feliz
Pergunta ou afirmação
Cósmica maldição

Acreditas nos meus olhos
Naqueles que te recusas a fitar
Acreditas nas minhas palavras
Na sua verdade subliminar

Acreditas
Tens esperança
Eu não
A esperança é uma medida do fracasso

Tens medo
Sofres
Eu não
Eu não tenho coração

O coração está num caixão
Acabei de o enterrar
Não te consigo odiar
Talvez seja maldição amar

Amei-te fatalmente
Amei-te de uma maneira que não se deve amar
Isso não chega

Sabes
O amor é uma treta
Este poema é presunçoso
É ridículo e sem qualidade


Quando o amor não chega
Para te mudar
Como poderá mudar o mundo.



publicado por Buraco Negro às 01:27
link do post
Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


o Buraco


. 17 seguidores

Novembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

Phantom Vision - Far Enou...

Paradise Lost - Faith Div...

Mater

Type O Negative - Dead Ag...

Lycia - Pray

E

W

Negură Bunget - Dacia hip...

Process of Guilt - Blindf...

Editors - The Weight of t...

tags

todas as tags