Terça-feira, 12 de Dezembro de 2006

QUE POSSO ESCREVER QUE OS MEUS OLHOS NÃO TENHAM JÁ DITO T.O.R.?

.Que posso escrever que os meus olhos não tenham já escrito
Que azul do céu posso comparar a ti
Que estrela brilha mais que tu

Quê lâmina me rasgou mais a pele que a tua
Que antídoto me curou mais que tu
Que morte foi aquela de que me curas-te

Que visão é esta que tenho
Que entidade é esta que se intersecta na minha carnalidade
Que toque é esse que sinto subtil
Irrealmente real

Tens em ti as estradas do mundo
Os teus olhos são aqueles que desejo contemplar em meus sonhos
Realidade na irrealidade da minha linha de vida

As palavras são irreais perante a tua realidade
Mostra-me os teus segredos
Onde guardas a tua alma

Ter-te é ter o céu nocturno a correr-me em forma de brisa pela pele
Estou à tua espera anjo de asas queimadas.

publicado por Buraco Negro às 23:16
link do post | comentar

o Buraco


. 17 seguidores

Dezembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

Depeche Mode - In Your Ro...

Phantom Vision - Far Enou...

Paradise Lost - Faith Div...

Mater

Type O Negative - Dead Ag...

Lycia - Pray

E

W

Negură Bunget - Dacia hip...

Process of Guilt - Blindf...

tags

todas as tags