Sábado, 2 de Dezembro de 2006

APARECE NUM SONHO MEU (T.O.R)

.Como a noite perde encanto sem ti
Como os meus sonhos são vazios sem ti
És tu que me fazes sentir um poeta romântico
Daqueles com um pé no abismo
E sem talento algum

És o meu sonho obscuro
Tornado real em forma de anjo negro
Carregas contigo aquele toque fatal da mortalidade
Aquele sorriso letal das criaturas nocturnas

Escreveria e escrevo que te achei no inferno quando o céu estava em greve
Escreveria e escrevo que quero sentir o teu infernal prazer
Aquele que é infernal quando o céu está em funcionamento
E angelical quando é feriado

Ao pé de ti sinto-me parvo e criança
Ao pé de ti sinto o amor e a dor
Como é bom ter-te em meu abismo portátil
Como é bom ter-te neste sangue volátil

Sorri e deixa-me morrer a seguir
Beija-me e ressuscita-me para ti
És aquele meu pensamento gótico e negro
Aquele que conduz ao céu e ao inferno

Aparece num sonho meu uma noite desta
Ou acorda-me do sonho com um dos teus beijos.


publicado por Buraco Negro às 00:26
link do post | comentar

o Buraco


. 17 seguidores

Dezembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

Depeche Mode - In Your Ro...

Phantom Vision - Far Enou...

Paradise Lost - Faith Div...

Mater

Type O Negative - Dead Ag...

Lycia - Pray

E

W

Negură Bunget - Dacia hip...

Process of Guilt - Blindf...

tags

todas as tags